Intercâmbio Local e troca de saberes foi realizado nas Unidades de Produção Agroecológica, em Maricá, RJ

Como complemento do curso de Capacitação em Agroecologia EaD, participantes visitam as unidades de produção guiadas/os pela equipe técnica da Cooperar

JOSIMARA FERREIRA TEODORO

Imagem 1: Visita a unidade de produção agroecológica Manu Manuela

A proposta do Intercâmbio Local teve o intuito de somar o conhecimento teórico, adquirido por meio das aulas online, com as práticas das iniciativas do Projeto Cooperar nas unidades modelo de produção agroecológicas Manu Manuela e na Fazenda Joaquín Piñero, ambas com amplo espaço ao ar livre, para a segurança de todas e todos. As visitas guiadas ocorreram com grupos alternados entre as unidades no decorrer de 3 dias, em pequenos grupos, respeitando os protocolos necessários.

O objetivo da atividade proposta foi de conhecer os diversos arranjos produtivos e formas de manejo dos agroecossistemas, desde a capina, preparo do solo, adubação, plantio, cobertura morta, monitoramento, controle biológico, organização e planejamento dos ciclos produtivos no consórcio e colheita de forma ecológica e sustentável, além de apresentar ao público participante, moradoras e moradores de Maricá, conhecer de perto a história, os desafios enfrentados e o funcionamento do Projeto de Manutenção e Expansão das Unidades Agroecológicas, aproximando assim a relação entre a Cooperar e a comunidade.

Compreende-se por intercâmbio toda troca de experiências e saberes vivenciados na prática, sendo essa uma atividade de grande importância aos processos didático-pedagógicos, para complementação do curso de Capacitação em Agroecologia EaD. O Intercâmbio Agroecológico corresponde à Meta 5 do Termo de Colaboração nº 018/2020 estabelecido entre a cooperativa e a Prefeitura de Maricá via SECAPP, e teve na proposta do Intercâmbio Local, uma possibilidade de fazer o encontro acontecer com os cuidados necessários diante das adequações por conta da pandemia. As visitas guiadas às unidades de produção foram realizadas com um número restrito de participação por dia de visita, respeitando o distanciamento de segurança, o uso obrigatório de máscara e álcool 70% para a segurança de todas e todos envolvidas/os. A equipe técnica de campo foi responsável por conduzir a visita e demonstrar os arranjos e manejos desenvolvidos nas unidades.

Imagem 2: Visita à unidade de produção agroecológica Fazenda Pública Joaquín Piñero.

Ver na prática processos organizativos e produtivos acontecendo, ouvir sobre os desafios e mecanismos encontrados para superar e estabelecer relações sustentáveis e economicamente viáveis fortalece o processo de aplicabilidade e continuidade do envolvimento na própria produção agroecológica e organização coletiva, sendo capaz de promover a segurança alimentar para as famílias que plantam e consomem tais alimentos.

A troca de experiências vivenciadas nos Intercâmbios Agroecológicos, possibilitam não apenas a capacitação dos sujeitos envolvidos, tal vivência possibilita um posicionamento e tomada de consciência para novas possibilidades viáveis na prática, logo para a ação afetiva.

Para acompanhar as novidades acesse o site ou nos siga no Instagram @agroecologia_marica.

Deixar uma resposta