Cooperar realiza visita técnica na Fazendinha Agroecológica localizada na EMBRAPA Agrobiologia, em Seropédica, RJ

Visita a Fazendinha Agroecológica foi para conhecer a experiência de produção, e também sobre a produção de mudas em estufas

Bianca dos Santos Santana / Livea Cristina Rodrigues Bilheiro

Equipe Cooperar, em visita a Fazendinha Agroecológica localizada na EMBRAPA Agrobiologia, Seropédica. RJ

Os técnicos da Cooperar realizaram visita ao Sistema Integrado de Produção Agroecológica (SIPA), mais conhecido como Fazendinha Agroecológica Km 47, localizada no município de Seropédica, implantada em 1993. A SIPA é resultado de uma parceria entre duas Unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Agrobiologia e Embrapa Solos – a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro (Pesagro-Rio), a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e o Colégio Técnico da UFRRJ (CTUR).

A Fazendinha Agroecológica é desenvolvida sobre os pilares da Pesquisa, Ensino e Extensão que orientam o desenvolvimento das ações em torno da construção e comunicação do conhecimento agroecológico.  Por compreender que a educação fortalece o desenvolvimento da agroecologia que abriga o Centro de Formação em Agroecologia e Agricultura Orgânica, espaço que acolhe o Programa de Mestrado Profissional em Agricultura Orgânica do País (PPGAO). Saiba mais sobre as ações da Fazendinha Agroecológica no sitio.

Produção de Mudas na Fazenda Pública Joaquín Piñero

Fazenda Pública Joaquín Piñero.

Um desafio e uma demanda pulsante para a produção de alimentos agroecológicos ou orgânicos, inicia-se na sua base, ou seja, nas sementes e mudas, que precisam ser produzidas com este princípio.

A produção de mudas, adaptadas às condições edafoclimáticas de Maricá, trará contribuição para o fortalecimento da Agricultura Orgânica e Agroecológica no município. A partir da disseminação de técnicas de planejamento produtivo de acordo com a sazonalidade e manejos integrados aos agroecossistemas.

Desta forma a visita realizada pela Equipe Técnica e Auxiliares de Campo ao  SIPA, teve como objetivo conhecer as inovações tecnológicas desenvolvidas com ênfase na agroecologia, a partir da troca de experiência.

Este dia de intercâmbio e troca de saberes contribuirá para a implantação de estufa na Fazenda Pública Joaquín Piñero, para que no futuro supra as demandas de mudas para as unidades, bem como a produção de conhecimentos sobre a produção local de mudas de hortaliças.

Estufa da Fazendinha Agroecológica localizada na EMBRAPA Agrobiologia

A produção de mudas de hortaliças é uma das etapas de execução da Meta 3 do Termo Colaboração 018/2020, realizado entre a Cooperar e a Prefeitura de Maricá, via Secretaria de Agricultura Pecuária e Pesca (SECAPP).

Conhecendo a Fazendinha agroecologia

Recepção da fazenda guiada pela Residente em Agronomia Larissa Combat Vitgal.

A equipe foi recebida pela Residente em Agronomia Larissa Combat Vital, que apresentou aos técnicos da COOPERAR. O módulo intensivo de produção de hortaliças onde foi possível observar rotação de culturas, consórcios, presença de espécies arbustivas e arbóreas como elementos de diversificação da paisagem.

Produção de vermicomposto e Gongolo Composto, pecuária leiteira manejada com o emprego da homeopatia veterinária e de princípios de bem-estar animal. Além da produção de mudas de hortaliças em estufa, possibilitando trocas de experiências, e esclarecimento de dúvidas sobre a instalação, técnicas para o desenvolvimento da produção e gestão sincronizada com o calendário de produção de hortaliças. 

Sistema produtivo da Fazendinha Agroecológica na Embrapa Agrobiologia.

Outro sistema apresentado, foi o uso da adubação verde como rotação de culturas, barreira de vento, incremento de matéria orgânica, atração de polinizadores, práticas também utilizadas nas unidades de produção agroecológicas que foram inspiradas na experiência do SIPA.

Embora no atual projeto seja a primeira visita presencial, a relação com a SIPA é mais antiga, e no ano de 2020, a cooperar recebeu 6 tipos de sementes de leguminosas, que foram utilizadas com função de adubação verde para recuperação de áreas degradadas, dentre elas Mucuna verde, cinza e preta, Crotalaria Spectabilis e Juncea, Guandu Mandarim. As sementes foram utilizadas no plano de recuperação aliada à produção de alimentos da Unidade Manu Manuela.

Equipe Cooperar em visita.

Os técnicos presentes na visita afirmaram que a experiência do SIPA foi inspiradora para implementação, e aprimoramento dos sistemas a partir da integração de toda cadeia produtiva. O modelo de gestão utilizado nos sistemas produtivos, também foi algo que chamou atenção.

Experiências que inspiram

A Fazendinha Agroecológica é um espaço de produção do conhecimento agroecológico, com a tríade pesquisa, ensino e extensão desenvolve diversos espaços de para fazer socializar os conhecimentos, as técnicas desenvolvidas na unidade para estudantes, agricultores locais, e diversas partes do Brasil. Tem diversos projetos de pesquisa, e acredita que a formação inicia desde cedo, e por isso desde 1996 tem programa de Educação Ambiental, voltado para estudantes de escolas públicas e privadas do Estado, que está integrado no Programa Embrapa & Escola.

É importante neste aspecto conhecer esta experiência de visitas guiadas, para aprimoramento e trocas de conhecimentos entre técnicos e a população em geral. Visto que a Cooperar recebe visitas dos munícipes nas unidades de produção agroecológica por meio dos intercâmbios, oferecidos através do curso de formação em agroecologia, realizado pela Cooperar neste TC, visitas de comunidades escolares, e moradores interessados em conhecer o trabalho desenvolvido ampliando as redes de agroecologia no município. 

Para saber mais e ficar atualizado sobre as ações da Cooperar acompanhe o site e nos siga no @agroecologia_marica.

Deixar uma resposta